FUSÕES

0
0

Fusões

Fusão

[Do lat. fusione.] S.f. (…) 2. Mistura, liga. 3. Aliança, união: (…). 4. Associação, sociedade: (…). 5. V. amalgação (4). (…)

Esta é a definição, segundo o Novo Dicionário da Língua Portuguesa (AURÉLIO), da palavra fusão.  Em Dragon Ball, fusão é nada mais que a união entre dois seres para tornar-se um só ser. Existem vários tipos de fusões em Dragon Ball, como a fusão Metamoru, fusão Potara, Absorção e outras que não possuem nome definido, mas não deixam de ser uma fusão.

Fusão Potara

Esta fusão ocorre apenas com o uso dos brincos Potara. Estes brincos permitem que qualquer ser se una com outro, porém permanentemente e não pode ser revertida normalmente. Para que esta fusão ocorra, basta cada um colocar um dos brincos em suas orelhas, de forma oposta a orelha do outro. Os donos destes brincos são os KaioShins.

Ro-KaioShin
Primeira aparição: Anime – Episódio 250 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 479
Esta fusão ocorreu antes mesmo de Ro KaioShin ser selado na Espada Z. Enquanto lia uma revista erótica, uma velha bruxa surge do nada e rouba um dos brincos Potara de KaioShin. Acontece que a velha bruxa coloca o brinco em sua orelha e, ao olhar para Ro-KaioShin (que também estava com um brinco na orelha), os dois no mesmo instante se fundiram, surgindo o Ro-KaioShin que conhecemos.

Vegetto
Primeira aparição: Anime – Episódio 268 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 503

Esta fusão ocorreu já no final da saga de Buu. Goku estava pensando em fusionar-se com Gohan, porém Buu o absorve. Sem escolha, Goku decide fusionar-se com Mr. Satan, mas antes que isso ocorra, Vegeta aparece no local da luta. Após Goku muito insistir, Vegeta aceita fusionar-se com Goku, originando assim Vegetto. Apesar de ser uma fusão de caráter permanente, ao adentrar o corpo de Buu, a fusão Vegetto é desfeita involuntariamente.

kibito_kai

KibiShin
Primeira aparição: Anime – Episódio 267 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 479

KibittoShin, Kaiobitto, etc., na verdade, esta fusão não tem um nome definido. Esta fusão ocorreu acidentalmente entre KaioShin do Leste e Kibitto, quando Ro-KaioShin explica a Goku como usar a fusão Potara .

Fusão Metamoru (Fyūjon)

Esse tipo de fusão foi ensinada a Goku por seres da raça Metamoru (Natamoru) que ele conheceu no Outro Mundo e consiste em ter duas pessoas envolvidas numa performance de ”dança”, cuja dança são ”imagens espelhadas de cada um”, resultando em um novo guerreiro que tem os atributos dos dois guerreiros que formaram o novo. Quando finalizada com sucesso, o novo guerreiro é significativamente forte. Existem outros requerimentos e condições:

1) Os dois guerreiros precisam ser similares em tamanho, massa e força. Especialmente no quesito força, pois é preciso ter praticamente o mesmo nível de Ki, apesar que isso não é um grande problema já que a maioria dos amigos de Goku podem controlar seus Kis, logo o guerreiro mais forte só precisa reduzir seu Ki para igualar-se com a do mais fraco).

2) A dança precisa ser realizada corretamente para o sucesso da fusão.

3) A fusão dura no máximo trinta minutos. Após esse tempo, os lutadores retornarão para seus estados normais. Porém em certas circunstâncias eles podem perder seu estado de fusão antes dos trinta minutos. Isso é explicado devido ao nível de energia utilizado pelo novo guerreiro. Quanto maior for seu nível, menor será a fusão. No décimo terceiro filme, Dragon Ball Z: Ryuken bakuhatsu!! Goku ga yaraneba dare ga yaru (ドラゴンボールZ 龍拳爆発!!悟空がやらねば誰がやる / Doragon Bōru Zetto: Ryū-Ken Bakuhatsu!! Gokū ga Yaraneba Dare ga Yaru), é mostrado que se um utilizador da fusão Metamoru sofrer um grande dano, a fusão é desfeita.

4) Depois do fim da fusão, os dois lutadores precisam ter um tempo de descanso de aproximadamente uma hora antes da fusão Metamoru poder ser realizada novamente.

Gogeta
Esta fusão Metamoru ocorreu entre Goku e Vegeta pela primeira vez no filme Dragon Ball Z: Fukkatsu no Fusion!! Gokū to Vegeta (ドラゴンボールZ 復活のフュージョン!!悟空とベジータ / Doragon Bōru Zetto Fukkatsu no Fyūjon!! Gokū to Bejīta). Na primeira tentativa, Vegeta errou a posição dos dedos na execução da dança, mas passado alguns minutos a fusão foi desfeita e os dois a tentaram novamente com êxito, surgindo assim Gogeta.

Gotenks
Primeira aparição: Anime – Episódio 251 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 480
Goku que ensinou esta técnica a Trunks e Goten. Foi uma das fusões Metamoru mais freqüentes nos filmes e na série. Gotenks foi o único na série canônica, além de Goku, que alcançou o nível Super Saiyajin 3. No filme Dragon Ball Z: Ryuken bakuhatsu!! Goku ga yaraneba dare ga yaru, a fusão de Gotenks encerra-se prematuramente logo após sofrer um poderoso ataque de Hirudegarn.

Assimilação

Conhecida também como Yūgō, União ou Fusão de Corpos, ela ocorre exclusivamente entre a raça Namek. Os Nameks possuem a capacidade de unir-se a um outro de sua raça e formar um outro ser. Piccolo Jr. teve a possibilidade de unir seu corpo com dois outros Nameks: Neil e Piccolo (Kami Sama). Piccolo Jr. não sofreu nenhuma mudança física, somente ganho considerável de poder e de habilidades.

Piccolo Jr. + Neil
Primeira aparição: Anime – Episódio 77 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 295
Quando Piccolo Jr. chega em Namekusei e estava indo ao encontro de seus amigos, ele encontra Nail caído no chão e gravemente ferido. Nail propõe então que Piccolo Jr. se una a ele, mas Piccolo Jr. recusa achando que perderia sua identidade. Nail insiste dizendo que nada mudará com a união e Piccolo Jr. acaba convencido.

Nail pede que Piccolo Jr. encoste sua mão nele e os dois começam a brilhar, até que Nail desaparece. Piccolo Jr. permanece no lugar e começa a achar que nada aconteceu, mas em pouco tempo ele se levanta e, percebendo seu atual poder, exclama: “É incrível! Esse poder é incrível! Será que esse é o poder da fusão de corpos?”.

Piccolo Jr. unido a Nail atingiu o mesmo nível de poder que Freeza em sua primeira transformação e assim lutou de igual para igual contra ele.

Piccolo Jr & Neil. + Piccolo (Kami Sama)
Primeira aparição: Anime – Episódio 141 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 360
Na saga de Cell, após ter vencido o Dr. Maki Gero, Piccolo Jr. foi duramente derrotado pelos andróides 17 e 18. Piccolo Jr. encontra-se com Kami Sama e então decidem voltar a ser um só corpo, sem alterar sua identidade. As esferas do Dragão deixam de existir e Piccolo Jr. adquire poder suficiente para lutar contra Andróide 17.

Fusão Merge

Uma fusão específica realizada pelos vilões Abo e Cado no especial Dragon Ball: Yo! Son Goku and His Friends Return!! (ドラゴンボール オッス!帰ってきた孫悟空と仲間たち!! Doragon Bōru Ossu! Kaette Kita Son Gokū to Nakama-tachi!!). Muito parecida com a fusão Metamoru, Abo e Cado realizam uma rápida coreografia de passos opostos que culmina na formação de um novo ser chamado Aka (ou Abocado), muito mais poderoso que os dois seres originais. Assim como a fusão Metamoru, a fusão Merge parece ter um tempo específico, já que após Aka ser derrotado por Goku, Abo e Cado aparecem, redimidos por todo a confusão causada, já no final do especial.

Absorção

Como o nome diz, este tipo de ”fusão” consiste em um ser absorver um outro ser, aumentando o poder e modificando a aparência do ser que executou a ação de absorver.


Cell – Perfect Cell
Primeira aparição:
Semi Perfect Cell (Dai 2 [ni] keitai):
Anime – Episódio 152 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 372;

Perfect Cell (Kanzentai):
Anime – Episódio 159 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 382
Cell é uma criatura orgânica criada com o material genético de todos os lutadores fortes que apareceram na Terra (entenda-se Goku e seus amigos/ inimigos). Além disso, ele é capaz de absorver os andróides 17 e 18, ligando-se aos andróides como um upgrade, absorvendo suas características e poderes.

Após absorver o Andróide 17, Cell passa para a sua segunda forma, chamada Semi Perfect Cell (dai 2 [ni] keitai). Há um grande aumento da massa muscular e do tamanho, o rosto passa a ter uma característica mais ”humana”, além do aumento do poder.

Após absorver o Andróide 18, Cell passa para a sua terceira e última forma, também conhecida como Perfect Cell. Sua aparência é mais humanóide, o seu rabo some e seu poder fica absurdamente maior.

Majin Buu
Primeira aparição/ citação:
Majin
Bū Zen: Anime – Episódio 232 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 460;

Majin Bū Junsui Aku: Anime – Episódio 255 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 485;

Majin Bū Aku: Anime – Episódio 255 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 485;

Majin Bū Aku + Gotenks + Piccolo (Majin Bū Aku Gotenkusu Kyūshū): Anime – Episódio 265 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 499;

Majin Bū Aku + Goten + Trunks Piccolo: Anime – Episódio 267 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 502;

Majin Bū Aku + Goten + Trunks + Piccolo: Anime – Episódio 267 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 502;

Majin Bū Aku + Goten + Trunks + Piccolo + Gohan (Majin Bū Aku Gohan Kyūshū): Anime – Episódio 267 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 502;

Majin Bū Junsui + KaioShin do Sul (Ultra Buu): Episódio 279 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 507;

Majin Bū Junsui: Anime – Episódio 278 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 508;

Mr. Buu: Anime – Episódio 282 de Dragon Ball Z; Mangá – Capítulo 512

Buu ou Majin Buu é um demônio criado e controlado por Bibidi há milhões de anos atrás. Uma de suas principais habilidades é a capacidade de absorver outros seres, aumentando assim, o seu poder.

Quando o Majin Buu original (Kid Buu ou Majin Bū Junsui) absorveu Kaioshin do Sul, ele adquiriu uma aparência musculosa e ficou com um tamanho maior do que possuía. Esta forma é conhecida popularmente como Ultra Buu.

Mas quando este Buu também absorveu o Dai KaioShin daquela época, sua forma física mudou drasticamente, ficando muito gordo e passando a ter uma aparência inofensiva, porém extremamente poderosa. Esta forma é conhecida popularmente como Fat Buu (Majin Bū Zen). Mesmo assim, seu criador Bibidi não tinha total controle sobre ele, aprisionando-o sempre que necessário. Por descuido, KaioShin do Leste matou Bibidi quando Fat Buu estava aprisionado.

Após ser libertado na Terra por Babidi, Fat Buu causou grandes problemas, inclusive levando Vegeta a morte (que suicidou-se em vão na tentativa de destruir Fat Buu) e matando o filho de seu criador, Babidi. Mas graças a influência de Mr. Satan e do cãozinho Bee, Fat Buu passa a agir como um ser bondoso, prometendo não mais matar pessoas.

A relativa bondade de Buu dura pouco tempo. Após ver dois “justiceiros” atirando em Mr. Satan e no cãozinho Bee, Fat Buu acaba expelindo, em um acesso de fúria, a sua parte maligna (Majin Bū Junsui Aku ou Buu Magro), que acaba absorvendo o próprio Fat Buu em uma luta, surgindo assim o Super Buu (Majin Bū Aku).

Mais a frente, Super Buu absorveu Piccolo Jr. e Gotenks, aumentando em muito o seu poder. Esse Buu possui um ”colete” em seu corpo, o que caracteriza a fusão Metamoru realizada por Goten e Trunks. Ele é conhecido como Majin Bū Aku Gotenkusu Kyūshū.

Em um dos momentos da luta entre Gohan e o Buu com Piccolo e Gotenks absorvidos, o poder deste Buu foi drasticamente reduzido, pois a fusão Metamoru entre Goten e Trunks havia terminado dentro do seu corpo. Aparentemente, o que mudou nessa transformação foram as suas roupas, idênticas a de Piccolo Jr..

Estando bem mais fraco que Gohan e, no momento que Goku retornava a Terra para fusionar-se com seu filho mais velho, Buu acaba absorvendo Gohan, aumentando consideravelmente seu poder. Esse Buu é chamado de Majin Bū Aku Gohan Kyūshū e ele tem Piccolo, Goten, Trunks e Gohan absorvidos. Aparentemente, o que mudou nesse Buu foi o uso de uma roupa parecida com a de Gohan.

Após Goku e Vegeta se fusionarem, surgindo Vegetto, Buu não tinha poder suficiente para vencê-lo, por isso decidiu absorvê-lo. Mas tudo isso era um plano de Vegetto para libertar todos os guerreiros absorvidos. Com a libertação dos guerreiros, Buu acaba regredindo para sua forma original, Kid Buu, passando antes pela forma musculosa Ultra Buu.

Por fim, para evitar com que o lado bom de Buu o influenciasse, Kid Buu expele o Buu gordo, este livre de maldade. Esse Buu expelido é conhecido popularmente como Mr. Buu ou Good Buu.

A principal característica da absorção de Buu é que ele pode usar as principais habilidades dos seres que foram absorvidos. Não que isto seja uma característica exclusiva da absorção, visto que Buu também tinha a habilidade de “aprender” qualquer golpe apenas observando-o. Mas é evidente que a absorção permitia que Buu tomasse parte e controle da personalidade e características que compõem seus absorvidos. Exemplo claro disso foi o desenvolvimento da sua capacidade estratégica e racional adquirida logo após absorver Piccolo Jr..

Li Shenlong
Primeira aparição: Anime – Episódio 57 de Dragon Ball GT
Esse foi o último inimigo de Goku, em Dragon Ball GT. Ele correspondia a um dos sete dragões que surgiram da divisão de Evil Shenlong. Goku estava vencendo facilmente Li Shenlong, porém ele acabou absorvendo todas as outras esferas pertencentes aos outros dragões derrotados, aumentando absurdamente o seu poder.

Shu Shenlong
Primeira aparição: Anime – Episódio 56 de Dragon Ball GT
Esse dragão atrapalhou a vida de Goku e Pan em Dragon Ball GT. Sua principal habilidade é absorver qualquer coisa e utilizar das características do ser absorvido para uso próprio, em uma escala muito maior.

O primeiro ser que Shu Shenlong absorveu foi uma toupeira. Com isso, seus ataques passam a se basear em terremotos.

Vendo que não possuía chances contra Goku e Pan, Shu Shenlong finge ter sido derrotado e se converte em uma Esfera do Dragão, pega por Pan. Porém, tudo era um truque de Shu Shenlong, que absorve a neta de Goku. Curioso que, mesmo absorvida, Pan pode expor seus sentimentos além de tentar se mexer dentro do dragão. Inclusive, Shu Shenlong a expõe para Goku, saindo parte do corpo de Pan da barriga do dragão. A principal habilidade adquirida por Shu Shenlong nessa absorção é o poderoso KameHameHa.

Majuub
Para proteger Uub de um poderoso ataque de Bebi-Vegeta, Mr. Buu usa seu próprio corpo para conter o ataque. Em seguida, Mr. Buu, que está todo esmigalhado, explica a Uub que eles eram um só corpo e que está na hora deles voltarem a ser um só. Com isso, os restos esmigalhados do corpo de Buu se fundem ao corpo de Uub, formando um guerreiro extremamente poderoso. Conhecido popularmente como Majuub, ele nada mais é que o Uub com um colete parecido com o que Mr. Buu usava, mantendo a essência original do Uub anterior.

Super 17
Primeira aparição: Anime – Episódio 42 de Dragon Ball GT
Esta absorção ocorreu em meados de Dragon Ball GT entre o Artificial 17, criado por Myuu e Dr. Gero no Inferno, e Androide 17, também criado por Dr. Gero, mas na Terra.

Absorção-Upgrade

Apesar de possuir o mesmo princípio da Absorção comum, a diferença entre elas é que a Absorção-Upgrade consiste em apenas absorver ou unir as partes essenciais de um outro ser ou objeto, aumentando o poder e modificando a aparência do ser que executou a ação de absorver.

Super Andróide 13
Este tipo de absorção ocorreu no filme Dragon Ball Z: Kyokugen Battle!! San Dai Super Saiya-jin (ドラゴンボールZ 極限バトル!!三大超サイヤ人 / Doragon Bōru Zetto Kyokugen Batoru!! San Dai Sūpā Saiya-jin). Após a destruição dos Andróides 14 e 15, o Andróide 13 absorve alguns dos componentes dos dois andróides derrotados, transformando-se no Super Andróide 13.

Planeta M2 – General Rild
Este tipo de absorção ocorreu em Dragon Ball GT. Apesar de Rild não ser nada mais que uma extensão do planeta M2, um planeta mutante com vida e inteligência própria, podemos considerar isso como uma absorção-upgrade, já que uma das evoluções de Rild consistia em absorver partes do próprio planeta, inclusive partes da tropa Mega Cannon (ou Sigma Force Cannon) para transformar-se em Mega Rild. Sua evolução final já consistia em usar o próprio planeta em torno de si ao seu favor.

Fusão-Upgrade

Diferente da Absorção-Upgrade, esta ocorreu apenas entre os membros da Sigma Force, em Dragon Ball GT e consiste na união completa entre os seres que participam da fusão (e não apenas partes), formando um novo ser mais poderoso.

Sigma Force Cannon
Primeira aparição: Anime – Episódio 18 de Dragon Ball GT
Esta fusão ocorreu em Dragon Ball GT entre os robôs mutantes Nezi, Ribet e Bizu, logo após a morte do robô Natt, todos eles integrantes da Sigma Force. Esta fusão nada mais é que uma combinação dos três robôs, formando um só ser combinado. Partes dele foram absorvidas mais tarde pelo General Rild.

Relação parasito-hospedeiro

Chamamos de parasitos os seres que vivem sobre outros ou no interior destes, retirando alimento necessário e ambiente propício para a sua existência. Geralmente causam sempre danos físicos ao ser que hospeda. O ser que aloja chama-se hospedeiro. Em Dragon Ball GT algo parecido a isto ocorreu.

Bebi criança, jovem, adulto

Bebi
Bebi (ou Baby) foi um experimento criado por Myuu com o propósito de derrotar os Saiyajins. Bebi foi um grande problema para Goku e seus amigos, em Dragon Ball GT. Ele tem a capacidade de controlar a mente de outros seres, além de poder se hospedar no corpo de qualquer um deles (daí a definição parasito-hospedeiro).

Bebi explica para Trunks, enquanto o atacava no episódio 25, que é necessário manter-se nos corpos de vários seres para assim poder ter um melhor desenvolvimento.

Bebi possuiu diversos outros personagens coadjuvantes e principais da série:

Bebi-Dr. Myuu

Bebi-Dr. Myuu – Primeira aparição: Anime – Episódio 22 de Dragon Ball GT. Após falhar e sofrer um duro ataque combinado de Trunks, Pan e Goku, algumas células de Bebi penetram no corpo do Dr. Myuu, fazendo-o de seu primeiro hospedeiro. Logo após a saída dos três Saiyajins, Bebi se revela, eclodindo do corpo de Myuu, o levando a morte. A partir daí, Bebi inicia seu desenvolvimento por conta própria.

Bebi-General-Rildo

Bebi-General Rild – Primeira aparição: Anime – Episódio 23 de Dragon Ball GT. Enquanto tentavam ir embora do planeta M2, Goku, Pan e Trunks foram surpreendidos pelo General Rild, que impedia a nave dos três Saiyajins seguirem seu rumo. Entretanto, Goku e os outros dois deram cabo de uma vez por todas em Rild e finalmente a nave dá continuidade a sua viagem para fora do planeta M2. Eis que é revelado que quem tentou impedir a fuga dos três era na verdade Bebi, que havia possuído o corpo do General Rild.

 bebi-garoto

Bebi-Garoto – Primeira aparição: Anime – Episódio 23 de Dragon Ball GT. Após a tentativa frustrada de impedir a saída de Goku, Pan e Trunks do planeta M2, Bebi se apodera de uma espaçonave, matando toda a sua tripulação, exceto um garoto. Com ele e em posse de uma Esfera do Dragão de Estrela Preta, Bebi planeja uma armadilha contra os três Saiyajins, que salvam o garoto possuído por Bebi e o levam até o planeta Pital para cuidar de seus ferimentos.

Dr. Pital-Bebi

Bebi-Médico do Planeta Plant – Primeira aparição: Anime – Episódio 24 de Dragon Ball GT. Bebi penetrou no médico do Hospital do Planeta Pital enquanto transportava o garoto que Bebi possuiu anteriormente.

Bebi-Trunks

Bebi-Trunks – Primeira aparição: Anime – Episódio 24 de Dragon Ball GT. Bebi penetrou em uma ferida do corpo de Trunks, no Planeta Pital, após realizar um ataque contra ele, Goku e Pan. Saiu do corpo de Trunks por que não conseguiu aguentar a energia emanada por um Super Saiyajin, já que Bebi estava em um baixo estágio de desenvolvimento.

mulhergorda-bebi

Bebi-Turista Gorda – Primeira aparição: Anime – Episódio 24 de Dragon Ball GT. Bebi penetrou nesta turista que estava para fazer uma viagem do planeta Pital à Terra em um avião. Bebi a usou após fugir de Goku, Pan e Trunks, com o objetivo de ir à Terra se vingar dos Saiyajins. Bebi a matou durante a viagem, junto com toda a tripulação da nave.

Bebi-Hammer

Bebi-Hammer – Primeira aparição: Anime – Episódio 25 de Dragon Ball GT. Um dos primeiros corpos humanos escolhidos por Bebi após chegar à Terra. Bebi abandonou este corpo para tentar despistar Goten.

Bebi-Ax

Bebi-Ax – Primeira aparição: Anime -Episódio 25 de Dragon Ball GT. O segundo corpo humano escolhido por Bebi. Foi utilizado pelo vilão para despistar Goten.

Dollar-Bebi

Bebi-Dollar – Primeira aparição: Anime – Episódio 25 de Dragon Ball GT. O terceiro corpo humano escolhido por Bebi. Foi utilizado pelo vilão para despistar Goten.

Bebi-Ronge

Bebi-Ronge – Primeira aparição: Anime – Episódio 25 de Dragon Ball GT. O quarto corpo humano escolhido por Bebi. Foi utilizado pelo vilão para despistar Goten. Bebi abandona este humano após evoluir seu próprio corpo.

baby-goten

Bebi-Goten – Primeira aparição: Anime – Episódio 26 de Dragon Ball GT. Bebi penetrou em Goten após este se transformar em Super Saiyajin, visto que para Bebi este era o melhor momento para se possuir um corpo em sua melhor forma. Lembrando que Bebi só conseguiu este feito visto que evoluiu seu corpo após absorver e possuir diversos corpos até sua chegada à Terra. Neste atual estágio, Bebi é capaz de ler a mente de Goten já possuído, algo que não conseguiu quando possuiu Trunks no Planeta Plant, devido ao seu baixo estágio de desenvolvimento.

Bebi-Gohan

Bebi-Gohan – Primeira aparição: Anime – Episódio 26 de Dragon Ball GT. Bebi penetrou em Gohan como parte de uma estratégia para possuir um corpo mais forte que o de Goten, para assim ter condições de enfrentar Vegeta e possuir seu corpo. Bebi-Goten então luta contra Gohan, o fere e, quando Gohan se transforma em Super Saiyajin, Bebi entra em seu corpo, abandonando o de Gohan.

Bebi-Vegeta – Primeira aparição: Anime – Episódio 27 de Dragon Ball GT. Bebi-Gohan finalmente enfrenta Vegeta, mas só conseguiu possuí-lo graças a ajuda de Goten, que também é controlado mentalmente por Bebi devido a um ovo de controle mental que deixou alojado no interior do corpo do irmão de Gohan. Aliás, Bebi deixou esse mesmo ovo em Trunks e em Gohan, enquanto possuía seus corpos.

Como dito anteriormente, a fusão Metamoru tem que ser realizada perfeitamente. Mas o que acontece se algo for feito errado?

Fat Gogeta
Também chamada de Veku, fusão surgiu como resultado da primeira fusão Metamoru entre Goku e Vegeta no filme Dragon Ball Z: Fukkatsu no Fusion!! Goku to Vegeta (ドラゴンボールZ 復活のフュージョン!!悟空とベジータ / Doragon Bōru Zetto Fukkatsu no Fyūjon!! Gokū to Bejīta). Na primeira tentativa, Vegeta errou a posição dos dedos na execução da dança. Os ataques de Fat Gogeta são cômicos e basicamente a única coisa que ele faz é soltar flatulências, se esquivar por pura sorte e fugir dos ataques de Janemba, até completar os trinta minutos necessários para o término da fusão.

Essa fusão não aparece na obra canônica. Ela existe apenas no referido filme e nos jogos Buu’s Fury, Budokai 3, Bakuretsu Impact, Dragon Battlers, Dragon Ball Heroes e Dragon Ball Heroes: Ultimate Mission.

Fat Gotenks
Antes de se fusionarem com perfeição, Goten e Trunks tiveram alguns problemas para realizar a fusão Metamoru corretamente. O resultado da primeira tentativa foi Fat Gotenks, que não possuía resistência alguma, mostrando-se um tremendo fracasso como combatente. Esta fusão apareceu também no especial Dragon Ball: Yo! Son Goku and His Friends Return!! (ドラゴンボール オッス!帰ってきた孫悟空と仲間たち!!/ Doragon Bōru: Ossu! Kaette Kita Son Gokū to Nakama-tachi!!), porém não ficou explícito que passaram-se trinta minutos para a fusão ser desfeita, como ocorre no anime e no mangá.

Thin Gotenks (Skinny Gotenks)
Goten e Trunks custaram para conseguir fusionar-se corretamente. Desta vez, a segunda tentativa deu como resultado um Gotenks magro e com aspecto senil.

Assimilação (Fusão de corpos) pode ser considerada uma absorção?
A resposta é não. Alguns consideram que a ”união” entre Piccolo Jr. e Neil foi uma absorção, mas não é bem isso. Na absorção, o ser absorvido não tem controle nenhum sobre o ser que executou a ação de absorver, mas na fusão de corpos, isso aparentemente é possível, ao menos como era mostrado no anime. No máximo o ser absorvido pode tentar influenciar quem o absorveu ou manifestar-se de alguma maneira, mas não a ponto de assumir o controle. Exemplo clássico dessa característica da fusão de corpos ocorre durante a luta entre Piccolo Jr. já fusionado com Neil e Freeza. Houve um momento em que o próprio Neil faz um comentário para Freeza, isso já no corpo de Piccolo Jr..

Assimilação (Fusão de corpos) é eterna?
Pela lógica não. Os Nameks possuem a capacidade de dividirem seus corpos, dando origem a outros Nameks que podem voltar ou não para o corpo original. Um Namek pode se livrar de algo referente à sua personalidade, assim como o que o Piccolo original fez para purificar seu corpo de todo o mal que adquiriu durante os anos. Piccolo dividiu-se em 2 Nameks, surgindo assim um Piccolo purificado de todo o mal (Kami Sama) e um totalmente demoníaco (Piccolo Daimaoh). Se Piccolo Jr. não gostasse da fusão com Neil, ele poderia facilmente livrar-se dela de duas formas: libertando a parte referente ao Neil ou ”purificando” seu corpo para ser da forma que era antes.

Após a fusão entre Piccolo Jr. e Kami Sama (Piccolo), eles voltaram a ser o Piccolo original?
Não. Piccolo dividiu-se em Piccolo (Kami Sama) e Piccolo Daimao. Piccolo Daimaoh morreu, mas antes de morrer cuspiu um ovo que deu origem ao Piccolo Jr.. Piccolo Jr. não é o mesmo Namek que foi Piccolo Daimaoh, mas sim apenas a essência de Piccolo Daimaoh. Além disso, Piccolo Jr. já havia fusionado-se com Neil ou seja, Neil não fazia parte do Piccolo original.

Gogeta existe no mangá?
Não, apenas no filme Dragon Ball Z: Fukkatsu no Fusion!! Goku to Vegeta, em spin-offs publicados na V-JUMP relacionados ao jogo Dragon Ball Heroes e em diversos jogos da franquia Dragon Ball. São eles:

Dragon Ball Z: Ultimate Battle 22, Dragon Ball Z: Shin Butōden, Dragon Ball Z: Buu’s Fury, Dragon Ball Z: Budokai 3, Data Carddass Dragon Ball Z 2, Dragon Ball Z: Shin Budokai, Dragon Ball Z: Bakuretsu Impact, Dragon Ball Z: Shin Budokai – Another Road, Dragon Ball Z: W Bakuretsu Impact, Dragon Ball Z: Infinite World, Dragon Ball Z: Dragon Battlers, toda a franquia Budokai Tenkaichi, Dragon Ball Z: Ultimate Tenkaichi, toda a franquia Dragon Ball Z: Raging Blast, Dragon Ball Kai: Ultimate Butōden, Dragon Ball Heroes, Dragon Ball Z For Kinect e Dragon Ball Heroes: Ultimate Mission.

A única fusão Metamoru que existe no mangá canônico é realizada entre Trunks e Goten (Gotenks). Gogeta é um personagem não canônico da série.

Quais são as diferenças entre Vegetto e Gogeta?
Vegetto é o resultado da fusão Potara entre Goku e Vegeta. Gogeta é o resultado da fusão Metamoru entre Goku e Vegeta. Vegetto possui dois  brincos em suas orelhas (os brincos Potara). Gogeta possui um ”colete” sendo usado como uma espécie de camisa.

Super Saiyajin 4 Gogeta é um outro Gogeta?
Não. Há apenas diferenças físicas, mas a ideia é a mesma. A diferença é que a fusão ocorreu quando Goku e Vegeta estavam como Super Saiyajin 4. Super Saiyajin 4 Gogeta existe apenas em Dragon Ball GT, nos spin-offs de Dragon Ball Heroes, e nos jogos: Budokai 3, Infinite World, os jogos da franquia Budokai Tenkaichi series, Dragon Ball Z: Ultimate Tenkaichi, Dragon Ball Heroes e Dragon Ball Heroes: Ultimate Mission.

Fusões e Absorções exclusivas dos Videogames

Cell com Kurilin absorvido
Essa absorção ocorre em Dragon Ball Z: Budokai, para Playstation 2 e GameCube. Durante o Story Mode, Cell, que já absorveu o Andróide nº 17, está prestes a absorver a Andróide nº 18, porém Kurilin impede os planos de Cell, que absorve sem querer o pobre coitado. Isso resulta em uma nova transformação de Cell, que fica do tamanho aproximado de um Cell Jr., porém extremamente mais fraco que um.

Logo em seguida a absorção, Tenshinhan e Yamcha aparecem para enfrentar esse novo Cell. Felizmente, para Cell, tudo se tratava de um pesadelo que ele teve, já na sua forma perfeita, enquanto aguardava o início do Cell Games.

Yamhan
Esse é o resultado da fusão entre Yamcha e Tenshinhan. Essa fusão Metamoru ocorre pela primeira vez em Dragon Ball Z 2 (versão japonesa de Dragon Ball Z: Budokai 2) e também aparece em Dragon Ball Z 2 V, ambos para Playstation 2.

Yamhan aparece em um estágio bônus do modo Z World e seus golpes exclusivos são o Dodohameha (combinação do Dodonpa de Tenshinhan e do Kamehameha de Yamcha) e o Rôga-Haikyû-Ken (combinação do Haikyû-Ken de Tenshinhan e do Rôga-Fûfû-Ken de Yamcha).

Thin Yamhan
Esse é o resultado do erro da fusão entre Yamcha e Tenshinhan. Ela ocorre também em Dragon Ball Z 2 (versão japonesa de Dragon Ball Z: Budokai 2) e em Dragon Ball Z 2 V, ambos para Playstation 2. Thin Yamhan não possui nenhum ataque especial.

Fusão Goku & Satan

Gotan (ou Gokule)
Esse é o resultado da fusão Potara entre Goku e Mr. Satan. Lembrando que esse personagem apareceu pela primeira vez no episódio de Dragon Ball Z 268 (Gattai!! Bejita no Hokori to Goku no Ikari/ 合体!!ベジータの誇りと悟空の怒り) e no volume 42 do mangá de Dragon Ball. Na verdade, Gotan (ou Gokule) é fruto da imaginação de Goku, que cogitou fundir-se com Mr. Satan diante da falta de algum companheiro mais poderoso para se fundir e assim enfrentar Buu.

Nos videogames, esta fusão apareceu pela primeira vez em Dragon Ball Z: Budokai 2 (qualquer versão), para Playstation 2 e GameCube. Também está presente em Dragon Ball Z 2 V (Playstation 2) e em Dragon Ball Heroes (Arcade).

Em Dragon Ball Z: Budokai 2 (todas as versões) e Dragon Ball Z 2 V existem duas possíveis formas desta fusão, dependendo de qual personagem foi responsável por iniciar a fusão. A primeira forma é bem parecida com a fusão imaginada por Goku na série, tanto no anime quanto no mangá. Porém, a segunda forma (com a cabeleira característica do Goku) é exclusiva dos dois jogos citados.

Gotan (ou Gokule) pode disparar uma Super Genki Dama como ataque especial, além de um ataque exclusivo do personagem, chamado Trick Beam. Os demais golpes especiais variam de acordo com o personagem que foi responsável pelo início da fusão.

Gotan na verdade é o nome desta fusão na versão japonesa de Dragon Ball Z: Budokai 2 (Dragon Ball Z 2) e nas demais versões não-americanas, enquanto Gokule é o nome desta fusão na versão americana do jogo, visto que Mr. Satan teve seu nome alterado pela FUNimation para Hercule. Em Dragon Ball Z 2 V, o nome adotado é Gotan, assim como também em Dragon Ball Heroes.

Fusão entre Dr. Mashirito e Piccolo Jr.
Essa bizarra fusão Metamoru entre Dr. Mashirito (de Dr. Slump) e Piccolo Jr. ocorre no jogo Jump Super Stars, para Nintendo DS.

Apesar de não ter um nome oficial, o resultado dessa fusão é chamado entre os fãs de Dr. Piccolo, Piccirito, Piccorito ou ainda Dr. Mashiccolo.

O único ataque dessa fusão é um poderoso grito, mas sem grande destaque. Curiosamente, Kazuhiko Torishima, primeiro editor de Akira Toriyama, serviu de inspiração para a criação de Dr. Mashirito e Piccolo Daimaoh.

showpicBabyJanembaVJumpCard Baby_janenba BabyJanembaInGame

Bebi Janemba
Essa fusão aparece pela primeira vez no arcade baseado em cartas Dragon Ball Heroes e no spin-off Dragon Ball Heroes: Victory Mission (ドラゴンボール ヒーローズ ビクトリーミッション), publicado inicialmente na revista V-JUMP, em Novembro de 2012, por Toyotarõ.

Em Dragon Ball Heroes, Bebi Janemba (ou Baby Janemba) é a décima segunda carta da série “ULTIMATE-RARE CARD”, uma espécie de carta especial a ser utilizada exclusivamente na temática de jogo Galaxy Mission 4 (GM4), que foca no universo Dragon Ball GT. A saber, Dragon Ball Heroes possui várias temáticas focando um determinado momento da série, incluindo novas idéias e personagens inéditos, o que é o caso de Bebi Janemba.

Em Dragon Ball Heroes: Victory Mission, Bebi Janemba aparece no primeiro mini-capítulo do spin-off como um novo oponente para Beet, um dos protagonistas do jogo. Baby Janemba é nada mais que o vilão Bebi (Baby) infectando o corpo de Janemba em sua segunda forma.

Bebi Janemba também aparece em Dragon Ball Heroes: Ultimate Mission (ドラゴンボール ヒーローズ アルティメットミッション), jogo de luta baseado em cartas para o Nintendo 3DS.

1220868928827_fThin Gogeta


gogeta_skinny_kamiface

Thin Gogeta (Skinny Gogeta)
Essa fusão é mostrada pela primeira vez em março de 1995 em um card da série de cardgames Dragon Ball CARDDASS.

A título de conhecimento, o sistema CARDDASS foi desenvolvido em 1988 pela BANDAI e corresponde a máquinas automáticas de cartões colecionáveis, muito populares no Japão. A ideia colecionável dos cards do sistema CARDDASS rapidamente evoluíu para uma modalidade similar a de um sistema de trading card extremamente popular no Japão: Magic – The Gathering. O objetivo não era mais meramente colecioná-los e sim usá-los com um jogo.

A primeira linha (ou set) de cards da série Dragon Ball CARDDASS foi lançada em novembro de 1988, sendo produzido outras linhas com cards originais até 1997, em um total de 30 linhas com 42 cards cada uma.

No geral, cada set situa-se em um arco da história da série Dragon Ball e cada card possui uma numeração contínua, estabelecida desde o primeiro card do primeiro set lançado. Isso muda quando dá-se início a compilação de cards do arco da saga Majin Buu (Set 17: Beginning!! A New Chapter for Gohan). Nesse arco, a numeração dos cards é resetada. Isso também ocorre com cards envolvendo a franquia Dragon Ball GT (set 26).

O card onde aparece o pitoresco Thin Gogeta é o de número 246, que pertence ao 22º set lançado em março de 1995 e compreende aos acontecimentos envolvendo o filme Dragon Ball Z The Rebirth of Fusion!! Goku and Vegeta (ドラゴンボールZ 復活のフュージョン!!悟空とベジータ, Doragon Bōru Zetto Fukkatsu no Fyūjon!! Gokū to Bejīta).

A grande questão é que esse raquítico Gogeta jamais apareceu no filme, nem em material promocional, tampouco em qualquer comercial de TV ou em publicações da época! Outros cards deste set mostram o bonachão Fat Gogeta, o próprio Super Saiyajin Gogeta e outros personagens presentes no filme, mas Thin Gogeta não faz qualquer aparição nem sequer é mencionado no filme em questão.

Provavelmente a aparição de Thin Gogeta estava nos planos da equipe de pré-produção do filme, mas foi descartado durante o desenvolvimento deste. Afinal, a data de estreia do filme é de 4 de março de 1995, no mesmo mês de lançamento do set de cards que contém o personagem. Evidente que a produção desses cards ocorreram em um mesmo período do desenvolvimento do filme e obviamente foi repassado à BANDAI sketches, model sheets, fotólitos e qualquer material visual acerca do filme para a confecção dos referidos cards. E o que se supõe é que Thin Gogeta fazia parte desse material disponibilizado.

Em 9 de dezembro de 1995, a Shueisha publica o sexto volume do Daizenshuu: “Movies & TV Specials” e em uma de suas páginas aparece um model sheet com o mesmo Thin Gogeta retratado no card de Dragon Ball CARDDASS. Isso reforça a ideia de que o material utilizado pela BANDAI na confecção do card era o material de pré-produção do filme Dragon Ball Z The Rebirth of Fusion!!, como bem exemplifica a sessão deste Daizenshuu, mostrando demais materiais de outros filmes durante seus estágios de produção. Além disso, o Daizenshuu inseriu esta imagem para mostrar o que teria acontecido se Goku e Vegeta tivessem errado a fusão novamente. E assim como ocorre com o Fat Gogeta, esse Thin Gogeta é também chamado neste Daizenshuu de Veku (ベクウ).

Anos mais tarde, em 14 de setembro de 2004, Thin Gogeta faz sua única aparição nos videogames, no enfadonho Dragon Ball Z: Buu’s Fury, para Game Boy Advance. O jogo possui diversos personagens da série a escolher e algumas transformações podem ser executadas no desenrolar do jogo, inclusive a transformação em Gogeta durante os acontecimentos relacionados ao filme Dragon Ball Z The Rebirth of Fusion!! e ao vilão, Janemba.

A transformação em Gogeta se dá na execução de alguns comandos do controle do portátil e, na falha destes comandos, pode surgir tanto Fat Gogeta como também Thin Gogeta. Não é possível controlar nenhum dos dois, pois assim que o erro ocorre,  segundos depois a fusão é desfeita e os comandos são novamente exigidos até que sejam acertados.

Thin Gogeta tem apenas um caráter ilustrativo no jogo e desconhece-se a intenção dos produtores em usá-lo dessa forma figurativa, apenas para descrever um erro de fusão, visto que esse processo não ocorre no filme. É bem provável que a equipe de produção do jogo acreditasse que tal personagem existisse tal como existe Thin Gotenks na série.

Indiscutível que Thin Gogeta é uma das mais interessantes “fusões oficiais” da franquia. Ela não existe na série canônica, tampouco animada. Mas provavelmente foi desenvolvida durante o processo de produção de um filme e descartada no produto final. Paralelamente a isso, a fusão é inserida em um trading card game oficial da franquia, sendo tão provável como fruto de um erro de quem disponibilizou o material para a confecção dos cards. E anos depois cogita-se que o mesmo personagem tenha sido inserido também por engano em um jogo, como se existisse na série e obra a qual se baseou. A ideia de uma fusão oficial não canônica construída acidentalmente através dos erros e da desinformação dos envolvidos no processo dá um charme todo especial a ela.

Fusao Piccolo & King PiccoloFusão de Corpos Piccolo & Piccolo DaimaoFusão de Corpos Piccolo & Piccolo Daimao

Fusão de Corpos entre Piccolo e Piccolo Daimao
Essa fusão aparece pela primeira vez em DragonBall Z Supersonic Warriors, para Game Boy Advance.

Ao jogar o modo History de Piccolo Jr., o jogo nos apresenta uma história alternativa para justificar como o personagem poderia vencer Majin Buu.

Quando Majin Buu é liberto, Piccolo Jr., ciente de que não pode derrotá-lo, vai até o Planeta Namek pedir a Porunga para que ressuscite Piccolo Daimao e o traga até Namek. Piccolo Jr. pede a Piccolo Daimao para que eles se fundam em um só corpo, mas Piccolo Daimao rejeita a ideia e alega que só fará a fusão se for derrotado. Piccolo Jr. o derrota e então a fusão de corpos ocorre.

Além de não possuir qualquer relação com o anime ou mangá, a fusão não promove nenhuma alteração visual no personagem, tampouco altera sua lista de habilidades especiais.

Super 17 + CellSuper 17 + Androide 16 Super 17 + Cell Super 17 + Cell

Super 17 (com Cell absorvido)
Essa absorção acontece pela primeira vez no arcade baseado em cartas Dragon Ball Heroes e no capítulo 19 do spin-off de Dragon Ball Heroes: Jaaku Missions, publicado pela V-JUMP em 2013.

Em Dragon Ball Heroes, a absorção de Super 17 + Cell surgiu na expansão Galaxy Mission 9 (GM9), sendo também uma carta especial (com esta absorção) do deck correspondente a essa expansão. Essa absorção ocorre no jogo graças a utilização da técnica Further Evolution de Super 17, bastando Cell estar na equipe. Super 17 + Cell também aparece na expansão Galaxy Mission 10, sendo a carta de número 46.

Já no capítulo 19 de Dragon Ball Heroes: Jaaku Missions, Super 17 + Cell aparece após Nimu (um personagem da classe dos Androides de Dragon Ball Heroes) usar essa carta contra o Dragão de Seis Estrelas (Oceanus Shenlong).

Super 17 + Cell possui algumas alterações significativas em relação a forma base de Super 17. Ele é extremamente musculoso e seus ombros, peito e rosto possuem os mesmos detalhes presentes em Cell na sua forma perfeita, porém suas vestes seguem o mesmo padrão da forma base de Super 17. Quanto aos ataques, Super 17 + Cell utiliza o mesmo Dengeki Jigoku Dama (Electric Hell Ball) de sua forma como Super 17.

Super 17 + Androide 16

Super 17 + Androide 16 Super 17 + Androide 16

Super 17 + Androide 16

Super 17 + Androide 16

Super 17 (com Androide 16 absorvido) ou Super 17 (jinzōningen kyūshū)
Essa absorção acontece pela primeira vez no arcade baseado em cartas Dragon Ball Heroes, na expansão Galaxy Mission 9.

Em Dragon Ball Heroes, Super 17 + Androide 16 é a absorção que ocorre no jogo durante os acontecimentos do quarto nível da expansão Galaxy Mission 9 (Hell stage), apesar de não possuir uma carta própria no deck oficial desta expansão. Já em Galaxy Mission 10, Super 17 + Androide 16 corresponde a carta de número 47.

Quando esta absorção foi divulgada na V-JUMP de Setembro de 2013, uma pequena confusão foi gerada. O problema é que a revista deu a entender que essa absorção ocorreria contra qualquer Androide ou Humano Artificial disponível no jogo, visto que o nome apresentado era “Super 17: Artificial Human Absorption” (“Chō 17-gō: jinzōningen kyūshū”). Alguns cogitaram que essa absorção seria apenas uma capacidade do Super 17 em absorver energia, de qualquer ser. Porém uma imagem promocional da expansão Galaxy Mission 9 descreve que “depois de ter nascido, absorvendo o Androide 17, Super 17 evolui ainda mais, absorvendo o Androide 16”.

Super 17 + Androide 16 possui basicamente o mesmo porte físico que Super 17 + Cell. Na verdade, não há nenhum elemento característico do Androide 16 nessa absorção. É nada mais que um Super 17 bastante musculoso. Quanto aos ataques, Super 17 + Androide 16 utiliza o mesmo Dengeki Jigoku Dama (Electric Hell Ball) de sua forma como Super 17.

 Super Buu + VegetaSuper Buu + Vegeta

Super Buu + Vegeta
Essa absorção é exclusiva dos jogos Dragon Ball Z 2 (versão japonesa de Dragon Ball Z: Budokai 2) e  Dragon Ball Z 2 V, ambos para Playstation 2. Nesta absorção, Super Buu + Vegeta é capaz de usar ataques do Vegeta, como o Galick Gun e o Final Flash. Visualmente, Super Buu + Vegeta possui uma camiseta azul característica do Saiyajin absorvido.

yamcha_tenshin_buu Buu + Tien + Yamcha

Buu + Tien + Yamcha

Super Buu + Tenshinhan + Yamcha
Essa absorção é exclusiva dos jogos Dragon Ball Z 2 (versão japonesa de Dragon Ball Z: Budokai 2) e  Dragon Ball Z 2 V, ambos para Playstation 2. Nesta absorção, Super Buu é capaz de usar ataques de Tenshinhan e de Yamcha. Visualmente, esse Super Buu possui em seu rosto as cicatrizes características de Yamcha, mas utiliza um uniforme parecido com o que Tenshinhan costuma utilizar. Seus ataques especiais são o Ki Blast Canon, Kikoho, Wolf Fang fist, Volleyball Fist e Spirit Ball Attack.

Buu + Cell Buu + Cell

Super Buu + Cell
Essa absorção é exclusiva dos jogos Dragon Ball Z 2 (versão japonesa de Dragon Ball Z: Budokai 2 e  Dragon Ball Z 2 V, ambos para Playstation 2. Nesta absorção, Super Buu é capaz de usar ataques de Cell, tais como  Energy Field e Spirit Bomb. Visualmente, esse Super Buu possui o peito e as manchas características de Cell.

Buu + Freeza Buu + Freeza

Super Buu + Cell
Essa absorção é exclusiva dos jogos Dragon Ball Z 2 (versão japonesa de Dragon Ball Z: Budokai 2 e  Dragon Ball Z 2 V, ambos para Playstation 2. Nesta absorção, Super Buu é capaz de usar ataques de Freeza, tais como  Death Beam e Death Ball. Visualmente, esse Super Buu possui detalhes na cabeça e nos ombros característicos de Freeza.

Kid Buu + Kibitoshin

Buu + Kibitoshin
Essa absorção acontece pela primeira vez no arcade baseado em cartas Dragon Ball Heroes, na expansão Ja’aku Ryū Misshon 3.

Em Dragon Ball Heroes, Buu + Kibitoshin é uma carta especial pertencente ao deck da expansão Jaaku Mission 3, lançada em Março de 2014. Ela ocorre após Ultra Buu (o Buu que absorveu o KaioShin do Sul) absorver Kibitoshin (a fusão entre KaioShin e Kibito).

Apesar da absorção ocorrer entre Ultra Buu e Kibitoshin, visualmente o resultado desta absorção é uma mescla do visual do Kid Buu com as vestes do Kibitoshin.

Suas habilidades na expansão Ja’aku Ryū Misshon 3 são “Speed Break”, que aumenta o dano de um ataque, e “Healing Ability of a God and Majin”, que recupera HP para a própria equipe.

Buu + Vegetto + Saiyan Hero & HeroineBuu + Vegetto + Saiyan Hero & Heroine Buu + Vegetto + Saiyan Hero & Heroine

Super Buu + Vegetto + Nōto + Bīto
Essa “absorção” só ocorre no trailer promocional de Dragon Ball Heroes Ja’aku Ryū Misshon 5. Na cena, Super Buu absorve Vegetto e os Saiyan Hero e Heroine Nōto + Bīto.

Aparentemente a absorção não surtiu efeito em Super Buu, pois logo em seguida temos uma cena no trailer mostrando Goku e Vegeta (com a fusão desfeita), além de Nōto e Bīto, caídos, dentro do corpo de Super Buu.

Majin Buu - Dragon Ball SD - Absorções

Buu + Videl + Kuririn + Yamcha + Mestre Kame + Pual (um de cada vez)

Todas essas fusões ocorrem no Capítulo Bônus de Dragon Ball SD, “Majin Bū Bangai-hen” (魔 人 ブ ウ 番外 編), publicado em 2014 na Edição 7 da revista Saikyo Jump.

Trata-se de uma história alternativa (What if Story) que mostra o que poderia ter acontecido se Buu não tivesse conhecido Mr. Satan.

Na história, Majin Buu voa até o templo de Kami Sama e começa a comer/ absorver todas as pessoas que ali estavam, na ordem:

– Videl
– Kuririn
– Yamcha
– Mestre Kame
– Pual

Cada absorção faz Buu mudar de aparência, sempre referenciando o absorvido. Sendo Pual o último absorvido, Buu vai embora do Palácio de Kami Sama, mas acaba esbarrando com Neko Majin, que pergunta se ele também era um da espécie, já que Buu está com a aparência de um “gato” (Pual).

14 comments on “FUSÕES

  1. iaiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

  2. Ariene Silva on said:

    me arrependi de ter visto essa porcaria……e muito chato;;;;;;;

  3. Bruno Alves on said:

    que chato.

  4. Arthur Agostinho on said:

    Eu sempre tive a impressão que a fusão Potara dava um "upgrade" no poder final, ao passo que a Fusão Metamoru só significava a soma simples dos poderes de luta dos usuários. Será que estive enganado esse tempo todo?

  5. Muito bom, gostei muito

  6. e foda so
    e engracado fuck yea

  7. Acho que a Potara é mais forte sim. Mas ambas multiplicam o poder, não apenas somam.
    Por exemplo, o Gotenks Super Saiyajin nível 1, já competia com o Majin Boo que tinha absorvido o Boo Gordo, algo que superava muitas vezes o poder de Goten e Trunks juntos e até rivalizava com Goku SSJ3. Quando Gotenks chegava no nível 3 provavelmente já superava Goku SSJ3 e Majin Boo naquela fase.
    Quanto a Vegetto, ele já superava Gotenks SSJ3 e Mystic Gohan sem se transformar em Super Saiyajin (Extremamente além do poder de Vegeta e Goku juntos), ao se transformar em Super Saiyajin nível 1 ele se tornou o mais poderoso guerreiro de todo Dragon Ball Z. Porém teoricamente ele ainda poderia se tornar SSJ2 e SSJ3. Ou seja, o cara é forte pra Caralho.

    Quanto a soma simples, acho que quem fazia isso era o Majin Boo quando absorvia os outros

  8. aposto que ninguem leu tudo

  9. oii alguem sabe me informa como ransforma goku ou vegeta ssj deus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

61.440 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

KAMI SAMA EXPLORER
INDEX  Principal New Page 1


 INDEX

Principal
Old News
Facebook
E-mail
Twitter
Youtube
Flickr

 JOGOS ONLINE
Uranai Game
Seu Poder de Luta
Nome em Japonês

 AKIRA TORIYAMA
Introdução
Biografia
Toriyama Exhibition
Toei Anime Fair
BIRD STUDIO
Comentários
Entrevistas

 DRAGON BALL
Aura e Magia
Cabelos
Cronologia
Detecção de Ki
Dubladores
Esferas
Falsas Fusões
Falsos Super Saiyajins
Fusões
Galáxias
Hierarquia
Itens
Ki
Letras
Linhas Temporais
Mortes
Dialeto Namek-go
Níveis Saiyajins
Nomes dos personagens
Números em Dragon Ball
Outro Mundo
Personagens
Planetas
Poder de Luta
População/ Censo
Símbolos
Técnicas
Veículos
Primeira Aparição

 MANGÁS
Awawa World
BattleMan F-1 GP!
Cashman
Chobit
Cowa !
Dr. Slump
Dragon Quest
Dub e Peter
Escape
Go ! Go ! Ackman
Haigyo no Mahi Mahi
Kajika
Karamaru
Kennosuke sama
Kintoki
Lady Red
Mad Matic
Mamejiro
Mysterius Rain Jack
Mr. Ho
Mr. Rocky
Pink
Pola & Roid
Sand Land
Sakugenkijo
Sonchou
Toccio The Angel
T. Highlight Island
Tokimecha
Tomato Girl Detective
Tongpoo
Uchujin Peke
Wonder Island

 ARTWORK
Naruto Hiden Kai no Sho
25 YEARS WITH JOJO

 ANIME
O Anime
Anime pelo Mundo
Aberturas e Encerramentos
Guia de Episódios Dragon Ball
Guia de Episódios Dragon Ball Z
Guia de Episódios Dragon Ball GT

 MANGÁ
O Mangá
Mangá vs. Anime
Mangá pelo Mundo
Plágio

 KANZEBANS
Capas

 DRAGON BALL SD
O Mangá
Scans

 DRAGON BALL NO BRASIL
História
Mangá
TV
Datas
Censura
Dragon Ball na Mídia
Dragon Ball na internet

 EXTRAS
Game Guides
OST CD Games
Jogos Cancelados

 REVIEWS
Super Cassette Vision
NES
Game Boy
Mega Drive
SNES
Terebikko
PC ENGINE
3DO
JAMMA
SYSTEM 32
Saturn
Playstation
Pippin
Playdia
Playstation 2
Game Boy Advance
Game Cube
PSP
Mini-Games
Design Master
Palmtop

 DAIZENSHUUS
Introdução
Complete Illustrations
Story Guide
TV Animation 1
World Guide
TV Animation 2
Movies & TV Specials
Daijiten
Cardass Perfect File 1
Cardass Perfect File 2
TV Animation 3

 BIRD LAND PRESS
Introdução

 LIVROS
Mangaká
Movie Books
Outros Livros

 FILMES/ESPECIAIS
DVD Dragon Box
Especiais
Filmes

 ÁUDIO
LPs e Fitas Cassete

 IMAGENS
Akira Toriyama
Autógrafos
Cards
Cosplayers
F1 & Senna
Model Sheets/ Concept Arts
Produtos

 DRAGON FALL
Introdução

 ZINES
Dragon Ball Milênio
Dragor Pall

 FLICKR


 

 


Kami Sama Explorer em nenhum momento infringe o Copyright de Dragon Ball pertencentes à BIRD STUDIO e SHUEISHA Inc., além de não estar envolvido em qualquer produção oficial feita por elas. Este site é de caráter educativo e todo o material referente à Dragon Ball tem como único propósito levar ao conhecimento das pessoas tal obra, nada mais do que isto. O mesmo vale para qualquer outro anime aqui citado, seja de Akira Toriyama ou não. KSE, KSE2k e Kami Sama Explorer são nomes fantasias pertencentes a Anderson "Kami Sama" e Akauê "Ginyu" Barko. É proibida a reprodução ou cópia, parcial ou total deste site. O uso sem permissão de qualquer link existente neste site não será permitido. Os direitos autorais deste site são protegidos pela lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. Quaisquer  dúvidas mande-me um e-mail. Obrigado. :)

FACEBOOK

junho 2017
S T Q Q S S D
« maio    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
Follow Me
FacebookFlickrYoutube

Welcome , today is quarta-feira, 28 de junho de 2017