Novidades sobre Dragon Ball: Xenoverse

Como vocês já sabem, “Dragon Ball: Xenoverse” é o título do mais novo jogo de DBZ, com previsão de lançamento para 2015. Na última edição da E3 o jogo ganhou um trailer e um gameplay. E também, lá houve uma entrevista com Masayuki Hirano, produtor da Bandai Namco Games. Felizmente a entrevista foi legendada na nossa língua (os créditos são da Videogames Brasil):

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=FpQgK0T3Ios#t=25′]

E não é só isso. Recentemente saiu um vídeo mostrando páginas da edição da V-Jump de agosto, cuja data de lançamento oficial é amanhã:

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=_qfbnKon6aU’]

Na revista o termo “Xenoverse” é explicado como “território inexplorado”. Vai ser possível ao jogador criar sua própria história de Dragon Ball, e isso é exemplificado com uma imagem do Gurdo perseguindo o Kuririn, que carrega duas esferas, e ambos sendo observados pelo personagem misterioso. Esse personagem tem o seu rosto revelado, mas ele ainda não possui uma identidade, sendo apenas chamado de “guerreiro do futuro”.

Trunks também aparece no vídeo, com a aparência de patrulheiro do tempo do jogo “Dragon Ball Online”, mas esse jogo não é mencionado nas páginas. E a construção que parece se localizar em Namek recebeu o nome de Kokuzōko, algo como “Domo de Armazenamento do Tempo”, e aparentemente é lá que está a chave para toda a história de Dragon Ball Xenoverse.

De quebra, o vídeo mostra também algumas novidades sobre “Dragon Ball Heroes JM5” (JM siginifica Jaaku Mission, algo como Missão do Mal em português). São mostrados alguns personagens de filmes escravizados pelo Babidi, ficando na versão Majin: Garlic Jr., Turles, Slug, Super Androide 13, Hatchihyack, Bojack e Janemba. Mas esses personagens são Majins um pouco diferentes, sendo chamados de “Reis da Destruição” (Hakaio – 破壊王). E também aparece o Majin Vegeta, com a transformação do SSJ3.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*