Criador de One Piece, Eiichiro Oda, fala sobre o impacto que Dragon Ball teve na sua infância

 

Criador de One Piece, Eiichiro Oda, fala sobre o impacto que Dragon Ball teve na sua infância. Entrevista e ilustração foram publicadas na “Dragon Ball Children Volume 1” em dezembro de 2002. Confira tradução:

“Kuririn morreu!!” Eu nunca vou me esquecer daquele dia de verão, na pousada onde minha turma da escola estava hospedada, alguém estava correndo e gritando pelo corredor. Na JUMP daquela semana, Dragon Ball teve um grande desenvolvimento. Para nós, foi um acontecimento maior do que qualquer notícia da vida real. Todos confirmaríamos isso depois, lendo a JUMP, entrando em choque e recitando as palavras que costumávamos dizer toda semana: “O que vai acontecer na próxima semana?” Cara, o que vai acontecer? Sério, o que vai acontecer?

Nos 11 anos de serialização de Dragon Ball, eu me pergunto quantas vezes nós dissemos: “O que vai acontecer?”

Existe o ditado “só Deus sabe”, mas, neste caso, assustadoramente, dizem que o criador e Deus, o próprio Akira Toriyama já pronunciou estas palavras: “O que vai acontecer?” E isso foi longe demais.

No entanto, independentemente do que acontece nos bastidores, o homem chamado Akira Toriyama – não, Goku – nunca trairia nossas expectativas. Toda semana, garotos de todo o Japão pensavam juntos: “Que lugar é esse?”, quando Goku ia para algum lugar desconhecido. E uivávamos: “Eles vão pagar por isso!”, quando Goku ficava bravo. Nascido pela cultura japonesa única de serialização semanal, este é um mangá Shonen para meninos.

Dragon Ball é uma obra-prima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*