Introdução do Akira Toriyama para o volume 28 do Tankobon

“Não posso simplesmente ficar sentado sem fazer nada. Nunca fico confortável se não estiver completamente ocupado com algo. Assim como tubarões morrerão se pararem de nadar. Qualquer coisa serve, não importa que não faça sentido, mas tenho que estar completamente ocupado. Por causa disto, quando não há nada que eu queira fazer, eu fico muito inquieto, andando pela sala… Seria bom se ‘trabalho” fosse uma dessas coisas em que eu pudesse me ocupar também…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*