Introdução do Akira Toriyama para o volume 39 do Tankobon

“O tempo passa rápido, mas faz dez anos desde que eu comecei a desenhar Dragon Ball. Pensando bem, este número é espantoso para um cara como eu, que não tem auto-disciplina, e eu só posso pensar que eu fiz um bom trabalho para mim. Apesar do fato de que, além dos meus hobbies, sou um preguiçoso absoluto quando o assunto é trabalho. É como se, de repente, a ficha caísse e eu percebesse que ‘Ah! Droga! Eu me esforcei demais nisso!’ Já tá na hora de eu passar uma outra década sentado por aí sem fazer nada!! Sim, tenho certeza de que não estou preparado para desenhar séries semanais”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*